Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

RickyLife

RickyLife

Cidades Amigas da da 3º Idade

Conheça as 35 cidades parceiras do processo cIDADES.

 

A mobilização partiu do esforço conjunto da Fundação Calouste Gulbenkian (FCG) com a Organização Mundial de Saúde (OMS) na realização de inquéritos junto da população mais idosa. Em Portugal, há 50 municípios envolvidos em impulsionar mais segurança e qualidade de vida aos seus habitantes.


Da abordagem resultaram índices de satisfação de 158 grupos num total de 1485 participantes entre Setembro de 2006 e Abril de 2007. A nível institucional a informação foi complementada com consultas a 250 prestadores de cuidados e a 515 prestadores de serviços.


No século passado, envelhecimento da população e urbanização eram sinónimo de desenvolvimento humano, satisfação das pessoas. Mas no novo século colocam-se outras questões que englobam o conforto das geraçõesmais antigas.

 

 Na Declaração de Brasília sobre o Envelhecimento de 1996, “os idosos saudáveis são um recurso para as respectivas famílias e comunidades e para a economia”. Já em 2002, o Plano Internacional de Madrid sobre o Envelhecimento definiu como prioritário que os espaços públicos devem propiciar capacitação de modo a compensar mudanças fisicas e sociais.

 

 

Palawa-chave é capadtação
Portugal é referenciado como um país cada vez mais envelhecido. A OMS prevê que, em 2050, o número de pessoas com mais de 60 anos aumentará de 11% (2006) para 22%. Em paralelo, desde 2007 que mais de metade da população global vive em cidades.Nessa altura a necesidade de Lares de Idosos sera mais que necessaria para fazer face as suas necessidades.

Até 2030, três em cada cinco pessoas viverá nestes aglomerados.
A palavra-chave é reconhecer a heterogeneidade destes grupos — cada pessoa é um individuo único e com isso proteger e incluir os mais vulneráveis.


Antecipar as tendências e necessidades é também a palavra de ordem a seguir. Já imaginou edificios e ruas sem obstáculos que aumentam a sua independência?

 

Um estudo recente sugere que as famílias são menos afectadas pelo stresse — a doença do século XXI — quando os membros mais velhos têm apoio comunitário que muitas vezes pode ser assegurado pelos serviços de uma empresa de apoio domiciliário.

 

A economia local pode também lucrar com os consumidores adultos mais velhos.
A receita passa agora por despertar na sexta, 12, a FCG acolheu um seminário público de apresentação do cIDADES, criado a partir de uma lista de mobilização de cidades lançada pela OMS. O programa teve como convidado Alexandre Kalache, da Academia de Medicina de Nova lorque.

 

A OMS deu a conhecer 35 cidades parceiras do projecto cIDADES
Conheça-as:

 

AMÉRICA
 Argentina, La Plata Brasil, Rio de Janeiro
 Canadá, Halifax
 Canadá Portage Iõ Prairie
 Canadá, Saanich
 Canadá8terbrooke costa Rica, San José
 Jamaica, Kingston
 Jamaica, Montego Bay
 México, Cancún
 México, Cidade do México
 Porto Rico, Mayaguez
 Porto Rico, Ponce
 EUA, Nova lorque
 EUA, Portland


PACÍFICO OCIDENTAL
 Austrália, Melbourne Austrália, MelvilIe
 China, Xangai
 Japão, Himeji
 Japão, Tóquio

EUROPA
Alemanha, Ruhr
Irlanda, Dundalk
Itália, Udine
Rússia, Moscovo
Rússia, Tuymazy
Suíça, Genebra
Turquia, Istambul
Reino Unido, Edimburgo
Reino Unido, Londres

SUDESTE ASIÁTICO

índia, Nova Deli

índia, IJdaipur

ÁFRICA
Quénia, Nairobi

MEDITERRÂNEO ORIENTAL
Jordânia, Amã
Líbano,Tripoli
Paquistão, Islamabad